Congresso em Directo
.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

Últimas notícias sobre o Congresso
.posts recentes

. Santana Lopes candidato

. Vitalino Canas acusa Mene...

. Alberto João Jardim insis...

. Consagrado líder, Menezes...

. Menezes quer nova Constit...

. Menezes elegeu mais conse...

. Alberto João Jardim criti...

. Filipe Menezes retoma reg...

. Menezes promete estabelec...

. Menezes diz que único lim...

. Menezes só elege um terço...

. Rui Rio desmente ter pres...

. Menezes não votou

. O não de Manuela Ferreira...

. Menezes diz que comissão ...

. Zita Seabra será vice de ...

. Discurso de Manuela Ferre...

. Menezes desafia Ferreira ...

. Santana abandona congress...

. PSD não deve pedir descid...

. Mota Amaral diz que é pre...

. Menezes confirma Ribau Es...

. Mendes Bota contra Ferrei...

. Menezes convida novamente...

. Ferreira Leite desaconsel...

. Descentralização de Migue...

. Mota Amaral encabeça list...

. "Um bom líder não fraccio...

. PSD/Congresso: Trabalhos ...

. Castro Almeida apresenta ...

Congresso em Directo
Sábado, 29 de Setembro de 2007
Menezes: o apelo à unidade
Luís Filipe Menezes fez o discurso da vitória centrado no objectivo de o PSD ser um partido unido. "Temos de acreditar que estamos a iniciar um novo ciclo" em que os conflitos internos foram ultrapassados. Ainda segundo as palavras do novo líder do PSD, "quero todos os militantes unidos à volta do seu partido. Não vamos excluir ninguém, todos são necessários"

"Estamos felizes porque mais uma vez o PSD deu uma enorme lição ao País", foi uma das primeiras frases do discurso e vitória de Luís Filipe Menezes, numa sala de um hotel de Lisboa repleta de militantes.

Menezes fez ainda referência elogiosa aos autarcas sociais-democratas e evocou Magalhães Mota, um dos fundadores do PSD que faleceu esta semana.

Prometeu um "combate leal e determinado" em relação ao Partido Socialista. "Milhões de portugueses sentem-se traídos com o Partido Socialista", é para eles que o PSD tem de ter um discurso de esperança, disse ainda Luís Filipe Menezes  preconizando um partido com preocupações sociais.
publicado por Equipa SAPO às 01:32
link do post | comentar | favorito
|
43 comentários:
De Miguel Magalhães a 29 de Setembro de 2007 às 01:51
“As Armas e os Barões Assinalados” não tiveram força suficiente para suster esta onda de mudança, que os militantes (PEQUENITOS) tanto desejavam.

Alguns barões já vieram a terreiro dizer que não deveria haver Directas, queriam eles em Congresso escolher o líder. Mas o PSD não é uma coutada, só de alguns!... quer a nível local, distrital ou nacional...no PSD todos os militantes valem um voto, valem uma opinião e merecem respeito, por todos aqueles que se servem do partido.

Com esta vitória temos a certeza que os deputados vão ser escolhidos pelos militantes de cada distrito, assim como os presidentes de câmara.

O partido precisava desta lufada de ar fresco e dum novo rumo. O PSD já deu provas em várias eleições, que quando se une é difícil de bater.

Isto é a prova de que não há vencedores antecipados, quer nesta ou noutras eleições quaisquer.

Aqueles que pensavam que iriam continuar a ter vida fácil dentro do partido, quer nas concelhias ou nas distritais, também lhes aconselhamos a arrepiar caminho.
O actual governo de José Socrates, vai ter a vida mais complicada e também lhe aconselhamos arrepiar caminho.

Miguel Magalhães - Vila Nova de Paiva - Viseu
www.tribunalaranja.blogspot.com
De Anónimo a 4 de Outubro de 2007 às 11:51
«Perdoe os seus inimigos, porém nunca se esqueça dos seus nomes» - J.F. Kennedy

De obatista a 29 de Setembro de 2007 às 01:59
Parece que vamos de mal a pior...se o outro pouco valia este nem se fala.
De Vilarinho a 29 de Setembro de 2007 às 14:48
Os homens diferenciam-se entre os burros e não com eles
De jlfiglopes a 4 de Outubro de 2007 às 11:49
«Perdoe os seus inimigos, porém nunca se esqueça dos seus nomes» - J.F . Kennedy

De jlfiglopes a 4 de Outubro de 2007 às 11:50
«Perdoe os seus inimigos, porém nunca se esqueça dos seus nomes» - J.F. Kennedy

De A. Silva a 29 de Setembro de 2007 às 02:28
Saudações Sociais Democratas aos vencedores e aos vencidos! Lembrem-se, todavia, que o lavar roupa já acabou. Agora é necessário arrepiar caminho e, unidos, por Portugal levantarmos bem alto o nosso nome e desta forma cumprirmos a nossa história. É necessária, quem avisa seu amigo é, limpar o PSD de todos quantos regorgitam à sua volta e se tornaram profissionais políticos sem qualidade e sem alma, qual sanguessugas que agora estão daqui e agora dali. É necessário perceber que as bases sabem bem o que querem e esta escolha tem o sabor imediato a mudança, o sabor imediato a corte e negociação com os socialistas que empobrecem este país e campeiam no meio do maior lodaçal que há memória! Não fui eu que disse que estamos mais pobres, não fui eu que disse que somos mais corruptos, não fui eu que disse que a educação está de mal a pior, da saúde nem se fala. Áqueles papagueiam resultados virtuais nos vários sectores da sociedade, aos verdadeiros papagaios de cassete, aos ditos bem falantes deste governo devemos desde já preparar a resposta e se necessário nas ruas pois é indigna a ditadura que dia a dia consome a nossa alma e destrói os alicerces da democracia muito bem secundados pela vergonhosa e nada independente comunicação social que efectivamente manda neste país, agora, inclusivé, com tentáculos do poder dos nossos vizinhos espanhóis representados por verdadeiros traidores a Portugal.
Que esta mudança a norte seja a verdadeira mudança do PSD enraizado cada vez mais no povo português e nos valores da tolerância, do respeito, da autonomia, da criatividade e sobretudo da mudança pacífica.
Dr. luís Filipe Meneses, não esqueça nunca que o PSD não é coutada de ninguém nem deve em caso algum deixar-se encantar pelas "ninfas" dos futebóis, dos meios de comunicação social, dos poderosos, dos "lobis" e dos boys. A procissão ainda vai no adro mas nunca esqueça este conselho: nunca por nunca envolva o PSD no lodaçal que sabemos existir à volta de muitos e muitos políticos. Que Sá Carneiro seja a referência e nunca a lembrança! Viva o PSD, Viva Portugal!
De Manel a 29 de Setembro de 2007 às 10:21
Mas o Dr. Luís Filipe Meneses é um dos representantes desse lodaçal de que fala...
De ryssie a 29 de Setembro de 2007 às 11:13
Vivi dez anos em Gaia. Quando para lá fui, antes de Menezes entrar para a câmara, construía-se em cima da areia, os prédios eram mamarrachos gigantescos, o rio em frente a minha casa não passava de um esgoto a céu aberto. Hoje, há lá peixes, alguns restaurantes (os possíveis) construidos nas dunas foram destruídos, as dunas estão em recuperação e dá gosto passear em frente ao mar. Não sou do PSD, pertenço ao eleitorado flutuante, mas tenho fé neste homem. Vi o antes e o depois. Pelo menos em questões ambientais e de urbanismo, Gaia melhorou imenso. Espero que ele faça o país melhorar também. Nas próximas eleições, podem contar com o meu voto.
De Vilarinho a 29 de Setembro de 2007 às 14:51
Este nome de lodaçal deve ser nome extraido de um pantano chinês
De jlfiglopes a 4 de Outubro de 2007 às 11:53
«Perdoe os seus inimigos, porém nunca se esqueça dos seus nomes» - J.F. Kennedy

De Margarida Fernanda a 29 de Setembro de 2007 às 03:08
Os "PSD's" estão desesperados pela reconquista do poder e foram votar neste candidato fraco e populista.
Menezes teve sorte na câmara de Vila Nova de Gaia, mas fazer oposição ao governo central é diferente, pois não é o senhor Carvalheiras e o Gustavo Carranca que estão em São Bento. Estamos a assistir ao começo do fim de Menezes. Os meus pêsames ao PSD! Este ainda é pior do que Marques Mendes.
De P. Soares a 29 de Setembro de 2007 às 04:28
Exacto, minha cara. Sabe como é, quando se está "desesperado pela reconquista do poder", como diz, elege-se um candidato fraco e populista para o conseguir. Curioso é que isso a preocupe, ao ponto de lamentar pelo pobre PSD.
Tinha bastante curiosidade de poder ler um comentário seu, a propósito da eleição do Prof. Cavaco Silva, àquela data. Qualquer coisa como "coitado do PSD, agora vai ao fundo, liderado por um "coitado" que foi fazer a rodagem ao carro".

É muito curioso ver como as "rosas" e "foices" se começam a agitar, com a chegada das primeiras brisas que antecedem o temporal. Preparem os sobretudos e chapéus de chuva, que a tempestade vem aí. ;)
De MF a 29 de Setembro de 2007 às 05:55
O vosso tempo acabou! Não vão voltar a repetir os tempos do cavaquismo.
De Carlos Pimenta de Sousa a 30 de Setembro de 2007 às 15:08
Parabens pelas suas notas. Efectivamente os PS's, PCP's e BE's estão neste momento aflitos porque já sentiram que a oposição aos aldrabões deste governo não vai ser a brincar como o foi até este momento.
De Anónimo a 10 de Outubro de 2007 às 04:59
Isso queriam vocês! O tempo do Cavaco Silva como primeiro-ministro ficou encerrado! Agora o PSD é um partido condenado à extinção a médio prazo.
De www.tribunalaranja.blogspot.com a 29 de Setembro de 2007 às 11:00
A sorte protege os audazes. E chamar sorte ao saber é ridículo. A senhora deve ser do PS e já está preocupada. O PS viveu quase 3 anos de "bem estar", agora vai saber o que é oposição. Porque Educação não é andar a entregar computadores nas Escolas e a fazer propaganda à TMN.

www.tribunalaranja.blogspot.com
De Paulo Lima Duarte a 29 de Setembro de 2007 às 15:16
Vocês andam desesperados e não passam de um bando de arruaceiros. Basta ver a vergonha que se passou na Figueira da Foz. O PSD provou no passado que não sabe governar os destinos dos Portugueses. Onde aparece o PSD aparece o banditismo, corrupção (em larga escala), etc.
Menezes, em Gaia, fez obra de fachada para ficar conhecido e para tentar ser presidente do PSD. A verdadeira "obra" vai ser conhecida mais tarde quando se conhecer o tamanho do buraco financeiro e o endividamento da autarquia gaiense.
Menezes é um sujeito repugnante e nojento! Basta olhar para a tromba dele para se ver o que ele é ! Ele representa a maior rasquice que o PSD possui, em todos os sentidos.
Descansem que ele nunca vai chegar a Primeiro-Ministro de Portugal e vocês "PSD's" podem continuar a desesperar.
De www.tribunalaranja.blogspot.com a 29 de Setembro de 2007 às 16:35
O vosso (En)ginheiro que tirou o curso no óleo Fula ou no Skip é que é bom. Prometeu mundos e fundos, novos 250.000 postos de trabalho, não havia portagens nas Scuts, etc...etc...prepara-se para aumentar o Imposto sobre os produtos petroliferos em mais 0,025 cêntimos. Mas, aposto que em 2008 já vai começar a pensar nas eleições e a reduzir qq coisa. Mas o POVO não tem memória curta...não é burro...
De Maria Fernanda a 29 de Setembro de 2007 às 12:34
Sou uma militante de base do PSD pago os quotas do meu bolso e já tive o número 5.xxx, portanto sou-o desde a sua criação.
Se os PSD's, tal como diz, estão desesperados pela reconquista do poder, gostaria que me respondesse só a uma pergunta: não será essa a OBRIGAÇÃO de todos os partidos políticos?
Para que servem os Partidos?
Evidentemente que esse objectivo só pode ser conseguido pelos Partidos (com P grande), não pelos berloques ou pcp's!
De Vilarinho a 29 de Setembro de 2007 às 14:55
Concordo com a sorte de Menezes mas uma coisa é certa, não concordo com o azar que tivemos com o governo em S. Bento. Esta é que é a realidade
De jlfiglopes a 4 de Outubro de 2007 às 11:54
«Perdoe os seus inimigos, porém nunca se esqueça dos seus nomes» - J.F. Kennedy

De Jose Rangel a 29 de Setembro de 2007 às 03:33
De mal a pior e o que apetece dizer destes resultados se já era mau ter como líder o Dr.Marques Mendes bem Pior e ter UM NORTISTA ELITISTA que muda de opinião conforme o vento.
Esta eleição e a demonstração que o partido fundado por Francisco de Sá Carneiro,Magalhães Mota e Francisco P.Balsemão está a deriva ,desde que um senhor ex-presidente de um clube de futebol e que por ironia do destino agora não gosta do mundo do futebol, se fez 1ºministro deste pais que este partido perdeu todo o senso.
Esta vitória e a vitoria do caciquismo e do "provincianismo".É pena que HOMENS com a verticalidade de um Fernando Nogueira tenham dado lugar a Populistas Demagogos na linha do que há de pior no maior inimigo do PPD /PSD o sr.Portas .
Será que estes senhores ainda não deram conta que a ocupação do espaço politico a Direita é contra natura neste partido ,será que ainda não viram que foi ao deixar o centro para o PS que o partido perdeu vida e militancia,posso me enganar mas se o partido não se refundar numa politica Humanista e Social como o era na sua matriz provavelmente irá fazer companhia aos CDS por ai existentes. Honra Aos Vencidos Glória aos Vencedores.
De P. Soares a 29 de Setembro de 2007 às 04:15
Difícil conceber um discurso mais Elitista e Sulista (quiçá benfiquista) do que o de José Rangel.
Caciquismo, com Filipe Menezes? Provincianismo? Acredito que fosse mais do seu agrado um qualquer candidato oriundo da capital. Mas, azarito meu caro, felizmente existe um coisa chamada democracia.
Atendendo ao seu discurso, certamente não será militante (eu também não), nem apoiante (eu sim) do PSD. Mas, se numa remota possibilidade o seja, é lamentável este discurso de "bota abaixo", próprio da oposição externa, numa altura em que o partido mais necessita é de passar uma imagem de força e coesão. Com mentalidades como esta, não vai o PSD p'rá frente, nem o nosso país.

Boa sorte, Dr. Filipe Menezes. Viva o PSD!
De Ana a 29 de Setembro de 2007 às 10:13
Eu sou de Lisboa mas, estou espantada por tanta gente estar tão afectada por ter sido eleito um homem do Norte, seja lá o que for que isso significa.
Então o nosso país não é só um.
Somos todos portugueses. E Sá Carneiro não era do chamado Norte?
Tenham juízo.
De vilarinho a 29 de Setembro de 2007 às 15:03
A mudança é normal de qualquer homem só os burros é que não mudam. E ÉSTA
De touaqui42 a 29 de Setembro de 2007 às 05:19
Admirável ESPIRITO LARANJISTA.
Se ganhou o MELHOR, se ganhou o PIOR, só os laranjas o sabem, fazer conjecturas no momento é das piores coisas que podem fazer.
Pensem raios pensem.
Unem-se, façam algo por este PORTUGAL.
Dizer que este ou aquele é o melhor para chefiar um Partido, Partido esse que já foi GRANDE, mas que no momento se encontra em lutas internas pelo PODER.
Creiam laranjas que foi um LAVAR DE ROUPA toda esta ELEIÇÃO, uma VERGONHA para o PSD.
Deixaram no ar algo que desejam, LUTAR EM 2009 pelo GOVERNO, façam-no e terão ajuda do POVO, podem crer que o POVO está farto e refarto do GOVERNO/PS (AQUELE QUE ENGANOU O POVO COM FALSAS PROMESSAS).
Está na altura dos laranjas e simpatizantes seguir em frente, FALAR ALTO E EM BOM TOM.
MOSTRAR GARRA.
DEIXAR DE PANINHOS QUENTES.
E FAZER FRENTE AO DESCALABRO QUE ESTE PORTUGAL ENFRENTA E SEGUE A CAMINHO DE UM POÇO SEM FUNDO.
FORÇA LARANJAS
De Manel a 29 de Setembro de 2007 às 10:29
e com este candidato ia parar mesmo ao fundo do poço... Porque não experimenta pensar? Porque será que as sondagens não dão os resultados que justifiquem o que escreve? Porque fala em nome do POVO sem "pensar"? Pense raios pense!
De touaqui42 a 30 de Setembro de 2007 às 10:50
Mas quais sondagens carago.
Se falo no nome POVO é porque não sou um daqueles Barões assinaládos que nasceu em berço de ouro eheheheh.
Mas estou a pensar carago que o home do Norte vai ter que se deslocar para a LAPA.
Como lê eu penso, não ligo é ás sondagens
Bom Fim de Semana e aproveite a chuva na mioleirinha.(lol)
Áh com a minha idade já não posso pensar tanto nesta VIDA triste que se leva com este GOVERNO/PS.
De jlfiglopes a 4 de Outubro de 2007 às 11:46
«Perdoe os seus inimigos, porém nunca se esqueça dos seus nomes» - J.F . Kennedy

De Dias a 29 de Setembro de 2007 às 10:50
Vamos de mal a pior... Assim o PS vai ficar no poder enquanto este senhor estiver na liderança do PSD !!
Quem é que leva a sério este senhor ???
De www.tribunalaranja.blogspot.com a 29 de Setembro de 2007 às 16:39
Amigo pelo menos os 20.701 votos que teve. Com Menezes a Câmara de Lisboa ainda era do PSD.
De ribeira a 29 de Setembro de 2007 às 11:24
é...isto vai mesmo de mal a pior....
um Partido como o PSD, líder da oposição e partido de alternância governamental, ter um Líder como o Sr. Menezes é mau, realmente....
O País já está farto de demagogias e populismo.... Já está farto de campanhas políticas, na qual os candidatos discutam pessoas e não ideias.... é triste.......
De Paulo a 29 de Setembro de 2007 às 11:58
Pela primeira vez em eleições directas o PSD elegeu o seu novo líder político.Luis Filipe Meneses terá pela frente uma missão difícil na oposição ao governo de maioria absoluta do PS chefiado pelo José Soórates.
Para mim é mais um líder de transição tal como o seu antecessor Luís Marques Mendes.Não me revejo em Luís Filipe Meneses nem acredito que terá condições para vencer as eleições de Outubro de 2009.Aliás quem te viu e quem te vê PSD.
O nosso país necessita urgentemente de uma alternativa credível a José Socrates.Só assim o país sairá do marasmo em que se encontra.Acima de tudo precisa de uma classe política corajosa que literalmente limpe a função pública,o grande cancro deste país.
De Anónimo a 29 de Setembro de 2007 às 12:39
Confesso que a minha alma ficou parva. Jamais me passaria pela cabeça que algum social democrata com o mínimo de decência política e estratégica elegesse o Luís Filipe Menezes. Naquelas suas aparições televisivas perguntava-me o que é que o senhor ainda andava a fazer a passear de trás para a frente, à margem do seu cargo como presidente da Câmara de gaia. Mas ontem confesso que me surpreenderam. É oficial "Sócrates, não tens porque temer"!
De jlfiglopes a 4 de Outubro de 2007 às 11:43
«Perdoe os seus inimigos, porém nunca se esqueça dos seus nomes» - J.F . Kennedy

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds