Congresso em Directo
.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

Últimas notícias sobre o Congresso
.posts recentes

. Santana Lopes candidato

. Vitalino Canas acusa Mene...

. Alberto João Jardim insis...

. Consagrado líder, Menezes...

. Menezes quer nova Constit...

. Menezes elegeu mais conse...

. Alberto João Jardim criti...

. Filipe Menezes retoma reg...

. Menezes promete estabelec...

. Menezes diz que único lim...

. Menezes só elege um terço...

. Rui Rio desmente ter pres...

. Menezes não votou

. O não de Manuela Ferreira...

. Menezes diz que comissão ...

. Zita Seabra será vice de ...

. Discurso de Manuela Ferre...

. Menezes desafia Ferreira ...

. Santana abandona congress...

. PSD não deve pedir descid...

. Mota Amaral diz que é pre...

. Menezes confirma Ribau Es...

. Mendes Bota contra Ferrei...

. Menezes convida novamente...

. Ferreira Leite desaconsel...

. Descentralização de Migue...

. Mota Amaral encabeça list...

. "Um bom líder não fraccio...

. PSD/Congresso: Trabalhos ...

. Castro Almeida apresenta ...

Congresso em Directo
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007
Luís Filipe Menezes promete fazer "mais e melhor" e combater "fatalismo"

O novo líder do PSD, Luís Filipe Menezes, prometeu hoje fazer "mais e melhor", combatendo o "fatalismo, derrotismo e pessimismo" e apelando à unidade e coesão do partido.

No discurso de abertura do XXX Congresso do PSD, que o consagra como novo líder social-democrata, Luís Filipe Menezes falou mais para o interior do partido, recuperando muitas das ideias que já tinha avançado ao longo da campanha interna e propostas que fazem parte da sua moção de estratégia global.

"Vamos fazer mais e melhor a partir de hoje" prometeu o novo líder social-democrata, defendendo a necessidade do partido se concentrar no ciclo eleitoral que aí vem: as regionais nos Açores no próximo ano e, em 2009, as legislativas, autárquicas e europeias. "Vamos preparar-nos para ganhar", desafiou, preconizando um "combate contra o fatalismo, o derrotismo e o pessimismo".

Lusa
publicado por Equipa SAPO às 23:03
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De boniboni a 13 de Outubro de 2007 às 00:02
Todos, mas mesmo todos e mais todos, prometem e depois, pouco depois, nada cumprem. São sempre e cada vez mais iguais os políticos. São todos bons comediantes, mas infelismente, não são mais cavalheiros, pois não têm palavra. Os que estão no poder não têm a necessária humanidade: são cifrões, são mentes diabólicas. Será que o Senhor médico Meneses é mais humano? Será que vai criar na sociedade portuguesa entusiasmo de viver neste País? A ver vamos!....

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds