Congresso em Directo
.arquivos

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

Últimas notícias sobre o Congresso
.posts recentes

. Santana Lopes candidato

. Vitalino Canas acusa Mene...

. Alberto João Jardim insis...

. Consagrado líder, Menezes...

. Menezes quer nova Constit...

. Menezes elegeu mais conse...

. Alberto João Jardim criti...

. Filipe Menezes retoma reg...

. Menezes promete estabelec...

. Menezes diz que único lim...

. Menezes só elege um terço...

. Rui Rio desmente ter pres...

. Menezes não votou

. O não de Manuela Ferreira...

. Menezes diz que comissão ...

. Zita Seabra será vice de ...

. Discurso de Manuela Ferre...

. Menezes desafia Ferreira ...

. Santana abandona congress...

. PSD não deve pedir descid...

. Mota Amaral diz que é pre...

. Menezes confirma Ribau Es...

. Mendes Bota contra Ferrei...

. Menezes convida novamente...

. Ferreira Leite desaconsel...

. Descentralização de Migue...

. Mota Amaral encabeça list...

. "Um bom líder não fraccio...

. PSD/Congresso: Trabalhos ...

. Castro Almeida apresenta ...

Congresso em Directo
Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007
Luís Filipe Menezes lamenta falta de resposta a convite para debates
Luís Filipe Menezes, candidato à liderança do Partido Social-Democrata, lamenta profundamente a atitude do Presidente demissionário do PSD por não dar resposta a convites para a realização de debates formulados, nomeadamente, pelas estações televisivas RTP e SIC;
 
Luís Filipe Menezes sempre se mostrou inteiramente disponível para esclarecer, em debate, ou qualquer outro formato, os militantes do PSD e os portugueses quanto às suas ideias e propostas para o partido e para o país e, por isso mesmo, lamenta a indisponibilidade até agora manifestada pela outra candidatura;
 
Luís Filipe Menezes considera que a realização de debates televisivos, entre outros meios mediáticos possíveis, bem como nos órgãos e estruturas próprias do Partido, é salutar para a vida democrática interna do Partido e muito importante para o país;
 
Os debates servem, também, para expor ao país as fragilidades da governação socialista, tornando-se um palco de excelência para avaliar e combater a acção governativa do PS, apresentando novas propostas e afirmando o PSD como líder da oposição e, fundamentalmente, como alternativa de governo para Portugal;
 
Os adiamentos de resposta por parte da candidatura do Presidente demissionário do PSD a que temos vindo a assistir diariamente são um desrespeito não só para quem formula o convite, mas também para os milhares de militantes e dirigentes do PSD que querem conhecer em profundidade quais as propostas e ideias que os candidatos pretendem executar, quer no âmbito do partido, quer no âmbito nacional;
 
A atitude do Presidente demissionário do PSD tem revelado uma “fuga” permanente a este confronto de ideias, antes preferindo uma actuação política com base em ataques pessoais inqualificáveis e “tricas” partidárias que pouco ou nada dizem aos seus militantes, servindo-se de expedientes administrativos para dificultar o pagamento das quotas;
 
Relembramos que durante o mês de Agosto e face ao silêncio a que se remeteu a estrutura oficial do PSD, foi Luís Filipe Menezes quem liderou na opinião pública o combate de oposição ao governo socialista tendo dado voz ao descontentamento de sindicatos e populações, chamando a atenção para os graves erros de governação;
 
Recorde-se, igualmente, que o debate interno produzido entre os diferentes candidatos aquando da eleição de José Sócrates para Secretário Geral, permitiu ao PS, de uma forma amplificada, atacar a governação Social-Democrata ao permitir que cada um dos candidatos à liderança dos socialistas de então, apresentasse aquilo que apelidaram por “erros de governação”;
Quem se furta ao debate interno não está ao nível de poder debater com o Primeiro-Ministro e afirmar-se como alternativa credível no Governo de Portugal.
 Lisboa, 6 de Agosto de 2007
publicado por Equipa SAPO às 20:01
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Carlos Pimenta de Sousa a 7 de Setembro de 2007 às 18:43
Na minha qualidade de militante considero uma covardia da parte do companheiro Marques Mendes a não aceitação de debates. Estes permitiriam que todos formulassem uma opinião válida sobre quem votar. É, evidente que tais debates deveriam sser realizados em canal aberto e a horas nobres.
De Nuno Pires a 9 de Setembro de 2007 às 13:25
De facto é estranho o comportamento do companheiro Marques Mendes, onde os militantes do PSD poderiam esclarecer melhor o seu sentido de voto, cada um tem a sua estratégia mas considero que os candidatos para além de esclarecer os militantes poderiam inclusivé aumentar a credibilidade do nosso partido perante a sociedade através das propostas de ambos.

Comentar post

.pesquisar
 
.tags

. todas as tags

.links
.subscrever feeds